Escuta

A escuta analítica pode ser pensada como uma forma de leitura das letras do inconsciente, e é durante a experiência de uma análise que uma dor sentida e bem-dita por inúmeras vezes se torna uma poesia escrita pelo próprio sujeito. Pois é de tanto se ver às voltas com a própria dor que esta acaba por virar história e, por amor, se reconhece nela.